Após ter a visão de Jesus, terroristas desistem de incendiar cristãos
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Após ter a visão de Jesus, terroristas desistem de incendiar cristãos

  • 07 de fevereiro de 2019
  • 0 Comentários

Ibrani – cujo nome verdadeiro foi omitido por razões de segurança – ficou revoltado por que sua irmã havia se convertido ao cristianismo. Ele e seus pais, desde cedo doutrinados no islamismo, não aceitaram essa atitude.

A irmã de Ibrani, contudo, insistiu em evangelizá-los, explicando que Jesus Cristo é o próprio Deus e não apenas um profeta.

“Jesus nasceu da Virgem Maria como um homem, sem pecado, para tirar os pecados de toda a humanidade”, disse ela ao ser questionada pelos parentes.

“Sua crucificação na cruz do Calvário serviu para que não recaísse mais sobre nós a penalidade do pecado. Ele morreu e ressuscitou dos mortos no terceiro dia. Somente crendo e se entregando a Ele, como nosso Senhor e Salvador podemos ser livres e receber a salvação”, acrescentou ela.

Insatisfeito, Ibrani reuniu outros muçulmanos extremistas, criando um plano para incendiar o templo da igreja onde sua irmã congrega, intencionando matar todos que estivessem reunidos no local.

Para isso, Ibrani pegou galões de combustível e guardou em sua residência, esperando o momento certo. Todavia, por volta da meia-noite de sábado, os galões começaram a pegar fogo ainda na residência da família e todos foram para um local seguro, observando o fogo à distância, quando no meio das chamas apareceu a figura de um homem.

“Eu sou o Senhor do Céu e da Terra. Eu vivo na luz, da qual ninguém pode se aproximar”, disse o homem, enquanto eles apenas viam e escutavam.

“Eu também sou o fogo ardente. Eu posso acabar com vocês agora, pois sou o autor da vida e da morte. Mas eu não vim ao mundo para destruir e sim para redimir cada um de vocês do pecado e da morte. Eu morri por você na cruz do Calvário, e ressuscitei dos mortos. Acreditem em mim e sigam-me, então vocês terão a salvação e a vida eterna”.

Eles entenderam que se tratava de Jesus Cristo. Após isso, Ibrani se convenceu das palavras da sua irmã e compartilhou com ela o que havia acontecido, segundo a organização Bíblias Para o Oriente Médio.

Atualmente, além de Ibrani e sua irmã, seus pais também servem a Cristo na mesma igreja que pretendiam incendiar, e esse testemunho corre pelo mundo como exemplo de que para Deus não há nada impossível.

 

Gospel+

Olá, deixe seu comentário para Após ter a visão de Jesus, terroristas desistem de incendiar cristãos

Enviando Comentário Fechar :/