Aumenta a perseguição aos cristãos na China
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Aumenta a perseguição aos cristãos na China

  • 06 de fevereiro de 2019
  • 0 Comentários

Uma reportagem do Christian Post mostra que a lealdade à ideologia do presidente Xi Jinping vem aumentando nos últimos anos. Existem planos para “contextualizar” a Bíblia para se adequar à cultura chinesa.

Igrejas já foram instruídas a erguer a bandeira chinesa no lugar da cruz e a cantar o hino nacional antes dos cultos. “O aumento na perseguição de grupos religiosos na China, particularmente os cristãos e os muçulmanos uigures, é preocupante”, disse Zoe Smith uma das advogadas da Portas Abertas.

Igrejas influentes estão arcando com o impacto dos regulamentos revisados, particularmente nas províncias de Henan e Zhejiang, onde há grandes redes de igrejas domésticas.

Relatórios da Portas Abertas sobre a China apontam que os proprietários estão sendo pressionados pelas autoridades locais para rescindir contratos de aluguel com igrejas. Alguns estão sendo multados em quantias absurdas por pequenos delitos, como equipamentos inadequados contra incêndio.

Pastores vêm sendo assediados pelas autoridades e a evangelização no país está se tornando cada vez mais difícil. Igrejas são invadidas, Bíblias e materiais cristãos são confiscados e púlpitos destruídos. Neste ano, o número de igrejas e prédios cristãos atacados passou de 10 para 171.

Como forma de impedir o crescimento de uma nova geração de cristãos, as escolas bíblicas para crianças e grupos de jovens estão sendo proibidos. Igrejas foram ordenadas a colocar placas em suas entradas proibindo a participação de menores de 18 anos nos cultos. Apesar disso, o número de cristãos no país não apresentou queda.

 

Gospel Prime 

Olá, deixe seu comentário para Aumenta a perseguição aos cristãos na China

Enviando Comentário Fechar :/