Eyshila comenta morte de menino Rhuan: “A perversidade é amiga da iniquidade”
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Eyshila comenta morte de menino Rhuan: “A perversidade é amiga da iniquidade”

  • 17 de junho de 2019
  • 0 Comentários

Eyshila, que perdeu um filho por conta de uma meningite há exatos 3 anos, usou o caso para pedir que a Igreja se levante clamando a Deus.

“Não vamos esperar que as pedras clamem. Então, clamemos nós. Ei, Igreja, desperta! Quando foi que ficamos tão indiferentes a ponto de não nos comovermos mais com o hediondo?”, questionou.

No texto, a cantora fala sobre a perversidade que tem aumentado.

“Elas não o mataram porque são lésbicas. Elas o mataram porque são perversas. A perversidade é amiga da iniquidade e companheira da desobediência e da perversão dos valores que Deus estabeleceu. Ele só nos deixou um grande mandamento: O AMOR”, escreveu.

Ela também diz que não julgará as mulheres por conta de sua sexualidade, mas que quer usar sua voz contra a degradação moral, social e espiritual.

“Meu papel aqui não é incitar o ódio de ninguém contra uma classe específica de pessoas. Só quero usar a minha voz pra declarar que eu não me conformo. Eu não aceito essa degradação moral, social e espiritual dominando sobre a minha nação. O Brasil não é isso. Jamais será!”

 

Gospel Prime 

 

Olá, deixe seu comentário para Eyshila comenta morte de menino Rhuan: “A perversidade é amiga da iniquidade”

Enviando Comentário Fechar :/