Pastor que seria abortado doa 50 mil dólares a grupo que luta contra o aborto
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Pastor que seria abortado doa 50 mil dólares a grupo que luta contra o aborto

  • 18 de setembro de 2019
  • 0 Comentários

Gray revelou que a sua mãe ficou grávida dele com apenas 16 anos. Diante das circunstâncias econômicas difíceis, além da falta de suporte familiar, ela foi aconselhada a fazer o aborto do filho. Todavia, a sua reação foi outra.

“Para aqueles que não sabem, minha mãe ficou grávida de mim aos 16 anos de idade, na Thomas Jefferson High School. Ela foi levada até uma enfermeira da escola que disse: ‘Você deveria ir para a Califórnia para abortar seu filho’”, contou o pastor.

A mãe do pastor, porém, disse: “Não vou abortar meu filho”. Essa decisão permitiu que ele vivesse e se tornasse um líder religioso respeitado que fez da sua vida uma causa em prol do Evangelho de Jesus Cristo, pró-vida e contra o aborto.

Com isso, o pastor Gray reuniu sua congregação para arrecadar 50 mil dólares, a fim de doar para o Centro de Enriquecimento da Mulher em Lancaster, uma organização que luta contra o aborto no país.

“[O Centro de Enriquecimento das Mulheres] tem o privilégio de servir milhares de jovens e suas famílias diante de gestações não planejadas”, disse o pastor em uma pregação para milhares de pessoas.

“Esta questão é complexa, lidamos com pessoas. Em vez de reclamar da escuridão, queremos ser luz e esperança na escuridão. É por isso que fazemos parceria com o Centro de Mulheres, porque eles trazem esperança, luz e o evangelho trazendo misericórdia e compaixão”. destacou o pastor.

Oferecer condições para que ao invés de abortar, às mulheres possam amar os seus filhos, é o trabalho do Centro. Apoiar essa iniciativa moral e financeiramente também é um gesto de compaixão e compromisso com a vida, segundo o pastor Gray.

“Que incrível demonstração de generosidade e de amor de Deus vocês fizeram por essas mulheres e bebês!”, disse ele para sua igreja, após fazer a doação para Julie Walters, diretora do Centro para Mulheres, segundo o Faith Wire.

 

Gospel+

Olá, deixe seu comentário para Pastor que seria abortado doa 50 mil dólares a grupo que luta contra o aborto

Enviando Comentário Fechar :/